Para TRF4, Caixa não pode ser responsabilizada por golpe do boleto falso

In Notícias do Judiciário On

A Caixa Econômica Federal não pode ser responsabilizada por boletos falsos pagos em suas agências. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, no final de fevereiro, pedido de ressarcimento a um correntista de Ponta Grossa (PR) que caiu em um golpe ao pagar um boleto adulterado e perdeu mais de R$ 40 mil.

Em 2014, foi oferecida ao autor uma proposta para quitar uma dívida de cerca de R$ 47 mil com outro banco, que poderia ser quitada por meio de um boleto bancário, enviado por e-mail. Para conseguir sanar o débito, ele fez um empréstimo na Caixa, e lá mesmo efetuou a operação de pagamento do boleto. Algum tempo depois, verificou que a dívida ainda estava ativa e que havia caído no golpe do boleto falso.

A ação foi ajuizada contra a Caixa, pedindo o ressarcimento dos valores, além de uma indenização por danos morais no valor de R$ 20 mil. Ele alegou que a instituição falhou ao receber o boleto falso sem fazer as devidas verificações para constatar a fraude.

A Justiça Federal de Ponta Grossa (PR) julgou o pedido improcedente. Conforme a sentença de primeiro grau, a Caixa não participou em nenhum momento da emissão do boleto, do seu envio para o autor, apenas efetuou o processamento para pagamento do mesmo.

O autor recorreu ao tribunal, mas a 4ª Turma decidiu, por unanimidade, negar o apelo. Para a relatora do caso, desembargadora federal Vivian Josete Pantaleão Caminha, culpar a Caixa é indevido, uma vez que não participou da tratativa que deu início ao golpe, nem dos demais atos que resultaram na emissão do boleto.

“Não se pode atribuir à ré a responsabilidade pela análise da autenticidade do boleto, vez que as informações de que dispunha eram restritas às constantes no próprio título, que, como visto, não apresentava irregularidade perceptível. Ainda, o próprio autor entregou o boleto para a CEF para pagamento dos valores descritos no documento”, concluiu a magistrada.

Fonte: TRF da 4ª Região.

Informação em seu e-mail

Assine nossa newsletter e receba, gratuitamente, nossas atualizações!

You may also read!

limite de permanência em cadastro negativo deve ser contado do vencimento da dívida

Como reflexo dos princípios fixados pelo Código de Defesa do Consumidor e das funções típicas dos bancos de dados

Leia mais...

Eleições 2018: TSE aprovou envio de tropas federais para 361 localidades do país

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já autorizou o envio de forças federais para 232 zonas eleitorais em 361 localidades

Leia mais...

Ação de alimentos não pode ser arquivada por ausência do autor em audiência designada com base em resolução do tribunal

Em respeito aos princípios da legalidade, do acesso à Justiça e da vedação às decisões-surpresa, a Terceira Turma do

Leia mais...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu